Tudo Sobre

caderneta de poupança


A caderneta de poupança é um investimento em que o dinheiro fica em uma conta no nome do próprio cliente e não há qualquer restrição de valor mínimo ou máximo de depósito ou quantidade de aportes por mês. A remuneração é regulamentada por lei: quando a meta da taxa básica de juros (Selic) estiver acima de 8,5% ao ano, os rendimentos da poupança são de 0,5% ao mês. Se a meta da Selic for igual ou menor a 8,5%, a rentabilidade é de 70% da Selic acrescida da chamada Taxa Referencial. Para render juros, o dinheiro precisa passar pelo menos um mês na conta poupança. No aniversário do investimento, o cliente recebe automaticamente o valor dos juros do período. Considerada uma das modalidades de investimento em renda fixa mais seguras, a poupança sofreu um confisco em 16 de março em 1990, no dia seguinte à posse do então presidente Fernando Collor de Mello. De acordo com a medida do governo federal, ninguém poderia sacar mais do que Cr$ 50 mil pelos 18 meses seguintes.


TUDO SOBRE: caderneta de poupança

Anterior

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.